O que significa abelha na Bíblia

O-que-significa-Abelha-na-Bíblia O que significa abelha na Bíblia

A palavra hebraica para abelha significa dêbora (a mulher que se levantou sobre Israel), ou “a mulher patriótica”, podendo ser achada em Deuteronômio 1:44, Juízes 14:8, Salmos 118:12 e Isaias 7:18.

De acordo com a lei, era um inseto imundo (Levítico 11:23). O nome científico da família é “apidae, e a abelha melífera é “a apis melífera”. Todas as espécies são aladas, alimentando-se quase exclusivamente de néctar e de pólen das flores, em cuja atividade elas transportam o pólen fertilizador.

A maioria das espécies compõe-se de indivíduos solitários, mas a abelha melífera forma uma sociedade altamente organizada.

A abelha era a origem do elemento açucarado até o século XVIII, e continua sendo até os dias hoje.

Abelha na Bíblia

As passagens bíblicas sobre as abelhas sugerem o seguinte:

  1. Em Juízes 14:8, se lê que as abelhas ocuparam a carcaça de um leão que Sansão havia matado, o que deu origem à ideia equivocada de que as abelhas eram geradas dos corpos mortos dos animais. Porém, tudo quanto está envolvido no episódio é o fato de que as abelhas usaram parte da estrutura óssea do leão morto, como o crânio, como lugar para construírem uma colmeia.
  2. Usualmente, porém, as abelhas buscam localizações naturais, como fendas nas rochas ou cavidades nos troncos das árvores. (Deuteronômio 32:13; Salmos 81:16).
  3. As abelhas abundam no deserto da Judéia (Mateus 3:4).
  4. Elas representam grande fúria, como se fosse o ataque de um numeroso inimigo (Deuteronômio 1:44 e Salmos 118:12).
  5. O mel de abelhas era muito procurado como alimento (Provérbios 24:13. 25:16,17). 

A vida das abelhas e o mel por elas produzido provêm várias lições morais:

a) A mensagem espiritual pode ser doce, mas também pode tornar-se amarga, quando rejeitada (ver Ezequiel 3:-1-3).

b) As eis do Senhor são grandemente desejáveis, tão doces quanto o mel.

c) As palavras agradáveis são como um favo de mel, uma doçura para a alma, e para a saúde da mesma (Provérbios 16:24).

d) Assoviando, o Senhor convoca as abelhas para julgar, um símbolo de inimigos invasores (Isaías 7:18). É corrente que alguns habitantes da Palestina podiam chamar as abelhas pelo assobio e é provável que isso esteja por detrás dessa ideia do versículo.

e) As abelhas simbolizam a indústria e a frutificação, o que explica o nome feminino Débora, que significa abelha, quando as mulheres tinham tais qualidades (Gênesis 35:8; Juízes 4).

Abelha

A palavra “Abelha” em hebraico דבורה, e significa dêbowrah ou (forma contraida) דברה dêbora, que significa “a ama de Rebeca que a acompanhou desde a casa de Bethuel” ou, “uma profetiza que julgou sobre Israel”.

A palavra hebraica “Deborah” possivelmente se refere a todas as verdadeiras abelhas e possivelmente a outros insetos similares, como ocorre no uso comum do termo em nosso idioma. Duas das quatro ocorrências Bíblicas se referem a abelha melífera e ao seu hábito de formar enxames, “vos perseguiram como fazem as abelhas” (Deuteronômio 1:44, SI 118:12).

Vemos em Isaías 7:18 uma figura de linguagem, “ O Senhor assobiará… às abelhas que andam na terra da Assíria”.

Possivelmente essa passagem é uma referência à tradição palestina de atrair abelhas melíferas com os assobios. A abelha produtora de mel foi a fonte de material adoçante básico no mundo até o século 18.

Em países menos desenvolvidos, ainda hoje o mel é extraído em grandes quantidades de abelhas silvestres, mas a apicultura começou há muito tempo no antigo Egito e continuou por todo o período bíblico. Parte (talvez grande parte) do mel utilizado na Palestina era obtido de abelhas sob algum tipo de controle.

Onde está escrito Abelha na Bíblia?

A palavra “Abelha” ocorre 4 vezes na Bíblia:

 Deuteronômio  1: 44 – Os amorreus que lá viviam os atacaram, os perseguiram como um enxame de abelhas e os arrasaram desde Seir até Hormá.
Juízes 14:8  – Algum tempo depois, quando voltou para casar-se com ela, Sansão saiu do caminho para olhar o cadáver do leão, e nele havia um enxame de abelhas e mel.

Salmos 118:12 – Cercaram-me como um enxame de abelhas, mas logo se extinguiram como espinheiros em chamas. Em nome do Senhor eu as derrotei!

Isaías 7:18 – Naquele dia o Senhor assobiará para chamar as moscas dos distantes rios do Egito e as abelhas da Assíria.

Curiosidades sobre as Abelhas

  • Cinco insetos são chamadas de abelhas. Todas elas têm asas e se alimentam de néctar de pólen e assim, promovem a fertilização das plantas. A maioria das abelhas são solitárias, ou seja, vivem sozinhas, mas as produtoras de mel formam colônias altamente organizadas.
  • Essas passagens sobre as “abelhas” na bíblia normalmente se referem a “natureza militar” das abelhas, assim como vemos em Salmos 118:12.
  • A expressão em Isaías 7:18, “assobiará o Senhor… às abelhas que andam na terra da Assíria”, é uma menção à prática de chamar as abelhas para fora das suas colmeias pelo som agudo dos assobios.

Significado de Abelha

Comentário de F.PFEIFFER

A terra de Israel era referida como uma terra boa que mana leite e mel. As Tâmaras e o mel eram as maiores fontes de açúcar que os homens conheciam antigamente. Acredita-se que a abelha não foi domesticada até o período helenístico na Palestina, tanto que as primeiras referências são de abelhas selvagens.

Em Juízes 14.8 a palavra “abelha” se referem ao mel.

Em Deuteronômio 1:44, Salmos 118:12 e Isaías 7:18 fazem uma ilustração à natureza vingativa e irritante e das abelhas e de suas picadas doloridas e muitas vezes mortais.

Comentário de A. VANGEMEREN

O código do antigo reino heteu, § 91-93, evidencia que a apicultura era conhecida na Ásia Menor antes do século X IV.  O Antigo Testamento não fala claramente em apicultura, porém, vemos indícios de apicultura em 1 Samuel 14:25 e também em Cânticos 5:1.

A apicultura é suposta em Jeremias 41:8, onde se fala em estoques de mel. Deuteronômio 32:13; Juízes 14:8; Isaías 7:18 referem-se a “abelhas do mato”, onde o mel era muito apreciado pelo povo (Mateus 3:4).

Comentário de D. DAVIS

Nome de um inseto que produz mel, Juízes 14:8, 18. As abelhas são comparadas a um exército, Isaías 7:18, ou a um perseguidor como em Deuteronômio 1:44, ou a um exército sitiante, Salmos 118:12.

Canaã era uma terra onde corriam córregos de leite e mel, Êxodo 3:18, Gênesis 43:11; Ezequiel 27:17 e, assim, as abelhas deveriam ser em grande número. Construíam suas casas nas rochas e nas matas, especialmente na tribo de Judá, 1 Samuel 14:25, Ezequiel 27:17, Mateus 3:4.

iTEO – Instituto da Teologia

Fechar Menu